Voltar

Controlar Alterações de Humor na Menopausa

 

Administrar mudanças de humor que afloram na transição da perimenopausa e por conseguinte menopausa é tão desafiador quanto andar em uma montanha-russa sem cinto de segurança, enquanto sorri fingindo que nada está acontecendo. 

Mulheres que já passaram pela fase da transição alegam terem vivido situações adversas de flutuações emocionais ou súbitas alterações no humor, onde uma leve ansiedade pode se transformar repentinamente em uma crise de estresse e perda total do controle emocional. A tristeza emerge subitamente e, na maior parte das vezes, não sabemos por que estamos nos sentindo tristes naquele momento. Chorar de uma hora para outra, por razões que não fazem sentido, pode fazer você se sentir envergonhada e isso acaba afetando sua autoestima. 

Quando você pensava que estivesse com a vida resolvida, de repente ela vem e te dá uma rasteira, você é pego de surpresa por súbitas alterações de humor, sem entender o que está acontecendo, o que deve ser feito e como deve ser feito. Casais e amigos se sentem desamparados, todos se perguntam o que pode estar acontecendo. 

O que está acontecendo? E o mais importante, o que deve ser feito a respeito?

 

Perimenopausa imita a puberdade 

Lembra quando você estava passando pela puberdade, e sem nenhuma razão aparente, um dia você se sentia a pessoa mais feliz do mundo, e no dia seguinte você estava chorando, atacando sua mãe e não suportava sua melhor amiga? Os ovários estavam começando a produzir estrogênio e, mais importante, progesterona, os dois hormônios que regulam os ciclos menstruais. A progesterona é o principal ator regulador do humor, os períodos menstruais e os ciclos de sono. Uma vez que a ovulação tenha ocorrido e seus períodos menstruais tenham se tornado regulares, suas alterações de humor também se tornam menos intensas. 

Você avança trinta e cinco anos na jornada da vida e as alterações de humor voltam - só que desta vez com mais vigor. Quando você imaginou que todas as questões da sua vida estavam caminhando em harmonia, tudo entra em colapso. Mais uma vez, a progesterona é a causa de grandes mudanças de humor. Por que? Porque agora seus ovários estão diminuindo e a ovulação é esporádica. Quando a ovulação acaba, a progesterona seu sistema diminui.

Como lidar com mudanças de humor durante a transição da perimenopausa para a menopausa 

A seguir, é apresentada uma lista de recomendações para ajudar no monitoramento e controle das alterações de humor que se manifestam nas fases transitórias da perimenopausa e por conseguinte menopausa: 

  • Estilo de vida
  • Terapias complementares e alternativas
  • Intervenção médica através de medicamentos prescritos

 

Recomenda-se que um estilo de vida saudável seja adotado antes de considerar quaisquer outras opções de tratamento. Na maior parte dos casos essa é a única intervenção que tem sido adotada e tem surtido efeitos positivos, mas outras opções estão disponíveis e podem ser combinadas com total segurança. 

A adoção de um estilo de vida saudável incluí praticar exercícios regularmente, manter uma dieta saudável e praticar atividades para a redução do estresse. Exercícios regulares como caminhadas, corridas, escaladas ou frequentar a academia regularmente vão manter seu coração forte além de ajudar a queimar calorias. O excesso de energia desencadeia as crises de ansiedade, por isso queimar energias é tão importante neste momento. Exercícios também fortalecem o coração e os pulmões e ajudam a prevenir a perda óssea pós a menopausa. Além, é claro, de você estar sempre em forma.

 

Uma

dieta saudável é aquela que inclui frutas, legumes, cereais integrais e proteínas vegetais, como feijão, lentilha, legumes e soja. Alimentos ricos em omega-3 ácidos graxos como o salmão são importantes para incluir na sua dieta pelo menos três vezes por semana.

 

Práticas de redução do estresse,

como meditação, tai chi e yoga, ajudarão a acalmar a mente, o que, por sua vez, ajudará a reduzir os sentimentos de ansiedade que surgem inesperadamente. A respiração profunda ensinada nas aulas de meditação, tai chi e yoga, se praticada regularmente, treinará o cérebro para lidar com os pensamentos e sentimentos ansiosos.

 

Terapias complementares e alternativas

podem incluir uma variedade de "produtos saudáveis”, como suplementos vitamínicos e minerais, medicamentos homeopáticos e medicina tradicional chinesa, como acupuntura ou massagem de acupressão. Aromaterapia usando óleos essenciais tem muitos benefícios, ajudam a acalmar a mente, relaxar o corpo e minimizar as ondas de calor. Um médico naturopata é o profissional que indico para prescrever ervas e produtos homeopáticos que aliviam as mudanças de humor e ansiedade. A vitamina B-6 a 50 a 100mg por dia é sugerida para as mulheres que sofrem de alterações de humor relacionadas com síndrome pré-menstrual ou perimenopausa/menopausa.

 

Intervenção médica

geralmente requer uma visita ao seu ginecologista para discutir o uso de medicamentos para controlar as alterações de humor. Possibilidades variam de pílulas anticoncepcionais de baixa dose - que contenham progesterona para reduzir alterações de humor e regular os períodos menstruais, caso sejam irregulares - a antidepressivos para tratar ansiedade e depressão. A maioria das mulheres não vai utilizar essa abordagem, mas a beleza é que toda mulher é diferente e há muitas opções disponíveis. 

Para concluir, o pensamento reconfortante sobre mudanças de humor durante a transição da perimenopausa/menopausa é que elas são muito comuns e você não está ficando louca. Há muitas coisas que você pode fazer para recuperar o controle da situação. Você não precisa sofrer e, acredite ou não, isso vai passar. 

Eu sei que isso pode parecer loucura, mas acredito que as alterações de humor que ocorrem durante a meia-idade são um sinal de alerta para que possamos diminuir o ritmo das atividades do dia a dia e dar mais atenção e amor a nós mesmos, o mesmo amor, e atenção que damos a todos a nossa volta durante o decorrer da vida adulta. A vida é hoje e agora

Mais artigos sobre A Vida com Incontinência.
Previous
Next
More Articles
Previous
A Incontinência Urinária na Menopausa
Next
A Menopausa de Hoje Não é Igual a de Nossas Mães