Guia Básico da Incontinência

Veja abaixo as respostas para as principais dúvidas de pessoas com incontinência urinária.

O que está acontecendo comigo?

O que é Incontinência Urinária? Vamos começar com o básico

close

O que está acontecendo comigo?

O que é Incontinência Urinária? Vamos começar com o básico

1

O que é incontinência urinária?

Incontinência urinaria é o vazamento involuntário de urina, ou seja, falta de controle sobre sua bexiga

Desde pequenos escapes em forma de gotinhas que chegam a molhar a roupa intima até níveis mais intensos.

2

Quais são os tipos?

Existem 3 tipos de incontinência urinaria:

Incontinência por esforço:perda involuntária da urina pelo aumento da pressão sobre a região do abdómen - por exemplo quando você tosse, ri, pratica exercícios de contato, e até durante a relação sexual.

Incontinência por urgência:combina a vontade repentina de fazer xixi à incapacidade de controlar a sua bexiga até o banheiro mais próximo. Esse tipo é relacionado à hiperatividade do músculo detrusor, que regular as contrações da bexiga

Incontinência mista:basicamente é a combinação entre ambos tipos acima

3

É mais comum do que você pensa.

A Incontinência é muito mais comum do que você imagina, por exemplo, 1 em casa 4 pessoas no Brasil acima do 40 anos de idade tem algum tipo de incontinência urinária.

São mais de 10 milhões de pessoas, só no Brasil

Pessoas de todas as idades e gêneros podem ter incontinência, apesar de ter uma incidência sobre pessoas com mais de 50 anos de idade.

4

Níveis de Incontinência

Segundo os médicos, existem basicamente três graus de incontinência:

Leve: escapes ocasionais em pequena quantidade.

Moderado: a perda de urina ocorre com maior frequência e em quantidade moderada. Quem tem incontinência nesse nível, provavelmente já precisa utilizar algum forro ou produtos para barrar o incômodo.

Intensa: escapes frequentes e em grande quantidade, capazes de gerar vazamentos. Situações de grande constrangimento que, sem o uso de produtos adequados, faz com que a pessoas evite compromissos e eventos sociais.

Por que está acontecendo?

Entenda melhor as causas da incontinência

close

Por que está acontecendo?

Entenda melhor as causas da incontinência

1

Causas da Incontinência

Não existe uma única causa para a incontinência, porém as mais comuns são:

Mudança no corpo - como gravidez, menopausa, etc.

Sobrepeso e/ou obesidade - o aumento da pressão sobre a bexiga pode levar à incontinência.

Doenças crônicas - como diabetes, esclerose múltipla ou Parkinson.

Infecções na bexiga - ou na uretra.

Hiperatividade na bexiga - causada por alguns alimentos e bebidas, como álcool e café.

2

O fator idade

Com o avanço da idade tornam-se mais frequentes os casos de incontinência urinaria.

Isso acontece por que, com o passar do tempo, a quantidade máxima de xixi que a bexiga consegue reter pode diminuir. Além disso, o tempo entre o alerta que o cérebro recebe e a decisão de urinar já não é o mesmo que na juventude.

Porém, pessoas de qualquer idade podem ter incontinência urinaria. No Brasil, uma em cada quatro pessoas acima de quarenta anos tem incontinência urinaria.

3

Os mitos sobre a incontinência.

#1 Se eu ficar barrando o xixi enquanto urino, ficarei com músculos mais fortes. Kegels é uma boa ideia, porem não durante o ato de urinar. Pessoas que começam a parar de urinar constantemente podem desenvolver uma bexiga hiperativa.

#2 Incontinência só acontece com pessoas idosas. Apesar de mais frequentes em pessoas mais velhas, pessoas de todas idades podem ter incontinência urinaria pelos mais diversos motivos.

#3 Se eu tenho incontinência, preciso mudar meu estilo de vida. Pessoas ativas não precisam mudar o estilo de vida, somente buscar soluções que se adequam ao seu nível de incontinência

Que posso fazer

O que é Incontinência Urinária? Vamos começar com o básico

close

Que posso fazer

O que é Incontinência Urinária? Vamos começar com o básico

1

Conheça seus gatilhos

Todos nós temos nossos próprios gatilhos que podem causar incontinência. Alimentos ácidos ou com sabor podem agravar a incontinência.

Existem vários tipos de gatilhos, para descobrir, estar atento às refeições, bebidas e / ou atividades relacionadas a episódios de vazamento de urina.

2

Exercícios

Uma maneira útil de reduzir o vazamento é fortalecer os músculos do assoalho pélvico. Você pode fazer isso com yoga, pilates, tai chi, caminhada e Kegels. O truque é ter certeza de que você tem a forma correta: é preciso prática para encontrar e apertar adequadamente os músculos do assoalho pélvico.

Sabemos que carregar um peso extra pode enfraquecer os músculos do assoalho pélvico e causar incontinência, portanto, dedicar algum tempo ao exercício pode ajudar a manter seu peso sob controle. De fato, pesquisas mostram que mulheres com um peso médio de cerca de 90 quilos que perdem 10% de seu peso corporal podem reduzir o vazamento em 70%.

3

Converse com seu médico.

Obter aconselhamento profissional específico para a sua incontinência oferece a melhor oportunidade para reduzir ou até mesmo eliminar vazamentos. Lembre-se, é muito comum, então não é novidade para o seu médico.

Para facilitar a conversa, escreva e compartilhe os seguintes itens: quando isso acontece, com que frequência isso acontece, o nível de incontinência e qualquer gatilho que cause um vazamento. Isso ajudará seu médico a determinar os melhores tratamentos. Você pode querer perguntar se a fisioterapia do assoalho pélvico é ideal para você, pois é uma opção não-médica e não-cirúrgica que é altamente eficaz.

4

Estar preparado

Depois de um momento embaraçoso, é fácil se retirar das atividades que você amou. Mas sentar-se à margem não é a resposta. Guarde os seus produtos Plenitude favoritos na sua mala e embale um saco "no estojo" (com roupa interior e calças) para o caso de ocorrer uma fuga longe de casa.

Também ajuda a fazer a prática de esvaziar a bexiga antes de realizar qualquer atividade que possa causar um vazamento.