Voltar

Qual o melhor tratamento para a incontinência urinária?

____

A incontinência urinária - perda involuntária de urina - é uma condição médica que pode ser tratada.

A escolha do tratamento adequado para esse problema ocorre após o diagnóstico e identificação da causa principal da perda de urina.

O tratamento para a incontinência urinária depende do tipo de incontinência, da sua gravidade e da causa subjacente.

É por isso que é importante abrir as linhas de comunicação com seu médico. Quanto mais seu médico souber sobre você e sua situação, mais fácil será para ele diagnosticar e tratar a sua incontinência urinária.

Estudos afirmam que tanto os tratamentos comportamentais como os medicamentosos podem ser eficazes para melhorar os quadros de incontinência urinária, e podem funcionar ainda melhor quando combinados.

Os tratamentos não medicamentosos geralmente têm o objetivo de fortalecer o assoalho pélvico ou mudar comportamentos, e incluem técnicas como: treinamento da bexiga, acupuntura, perda de peso e ioga.

Já os tratamentos farmacológicos incluem medicamentos, hormônios, toxina botulínica ou procedimentos que afetam o sistema nervoso.

Tratamentos caseiros para a incontinência urinária

Os principais tratamentos caseiros para a incontinência urinária são:

-Treinamento de bexiga e exercícios do assoalho pélvico.

Se realizam exercícios específicos para identificar e fortalecer os músculos da região e ter controle da micção.

-Técnicas comportamentais.

Trata-se de treinar a bexiga para controlar a micção como programar as idas ao banheiro para não ter que ir apenas quando sentir vontade de urinar.

- Dieta com controle de fluídos, para recuperar o controle da bexiga.

Implica na redução de álcool, cafeína e alimentos ácidos.

Tratamento médico para a incontinência urinária

Os principais tratamentos médicos para a incontinência urinária são:

-Cinesioterapia do assoalho pélvico.

São exercícios para fortalecer os músculos que ajudam a controlar a micção, porém feitos sob a orientação de um fisioterapeuta.

-Eletroestimulação.

É realizada através de técnicas que visam o fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico.

-Medicamentos.

O médico poderá optar por tratamento farmacológico para diminuir o problema.

-Dispositivos médicos.

Inserção de dispositivos médicos que atuam evitando a perda de urina.

-Terapias de intervenção ou cirurgia.

Podem ser utilizados injeção de material sintético no tecido que envolve a uretra, toxina botulínica e estimuladores de nervos.

Tratamento para a incontinência urinária no pós parto

Esse tipo de incontinência urinária é bastante comum nos primeiros dias após o parto, sendo natural a sua recuperação ao longo das semanas seguintes.

Quando a recuperação não acontece, pode ser necessário recorrer a fisioterapia para ajudar a reforçar os músculos do assoalho pélvico.

Tratamento para a incontinência urinária em idosos

Embora o médico possa indicar medicamentos e até procedimentos cirúrgicos, as primeiras opções de tratamento para a incontinência urinária em idosos geralmente são mudanças simples no estilo de vida e intervenções comportamentais, tais como:

-Exercícios para músculos pélvicos.

-Banheiro programado.

-Restrições na dieta.

Mais artigos sobre A Vida com Incontinência.
Previous
Next
More Articles
Previous
Básico do Controle da Bexiga e Incontinência Urinária
Next
Tipos de Incontinência urinária