Voltar

Como enfrentar o detector de metais dos aeroportos com confiança

As sonhadas férias chegaram e você deve estar ansioso para chegar ao portão no aeroporto e pegar o voo! Passar pelo portão de triagem antes pode deixar até o viajante mais experiente um pouco apreensivo. Neste momento você pode estar pensando:

"O que eu posso levar?"

"Por que a fila é tão longa? Será que excepcionalmente hoje eles estão mais cautelosos com a vistoria?

"Por que eu tenho que tirar meus sapatos?"

"E se me escolherem para uma averiguação privada?"

E se você estiver vestindo qualquer coisa atípica, como uma roupa interior descartável, os níveis de ansiedade tendem a aumentar. E se o agente perguntar o que eu estou vestindo na frente de todo mundo, ou mencionar em voz alta algo sobre "fraldas" a fim de que todos na fila possam ouvir?

Para descobrir o que viajantes com incontinência urinária podem fazer para aliviar seus medos, conversamos com o secretário de imprensa da TSA – Administração da segurança dos transportes dos Estados Unidos – Ross Feinstein, para obter informações e orientações.

"Nós verificamos mais de 1,8 milhão de pessoas todos os dias", ele comentou. "Nós lidamos com centenas de passageiros em cerca de 450 aeroportos, e por isso temos de lidar com problemas variados. Os funcionários recebem treinamento de sensibilidade, portanto constrangimentos com pessoas com condições especiais não devem ocorrer."

Feinstein explicou que, embora a proteção contra incontinência urinária possa ser detectada no sistema de imagem do aeroporto, não é por conta da umidade que isso ocorre. "Nossas unidades avançadas de tecnologia de imagem estão procurando por qualquer anomalia no indivíduo", disse Feinstein. "O líquido não é detectado pelo raio x mas sim a presença de uma proteção um pouco mais rígida.

" Então, como você poderia minimizar o constrangimento e maximizar a discrição quando tem que passar pela triagem no aeroporto?

Você tem a opção de utilizar um cartão de notificação. Os aeroportos têm uma notificação de que você tem uma condição de saúde que pode afetar sua triagem nas máquinas. É uma ótima opção se você se sente desconfortável comunicando sua condição publicamente. O cartão pode ser impresso, preenchido e entregue ao agente no ponto de verificação.

 

Solicite um especialista de suporte ao passageiro. Segundo normas da ANAC, a empresa aérea deve prestar assistência ao passageiro com necessidade de assistência especial (PNAE) no deslocamento do balcão de check-in até a aeronave, passando pelos controles de fronteira e de segurança. Um agente treinado será escalado para assegurar que tudo sairá conforme o previsto. Esses agentes recebem treinamento especializado em como garantir que os passageiros estejam confortáveis com o processo de triagem. Eles também estão familiarizados com a maioria das condições médicas e são treinados pra lidar com necessidades especiais das mais adversas. Ainda que você possa solicitar um agente de suporte ao passageiro no local, Feinstein recomenda que você efetue a solicitação com 72 horas de antecedência.

 

Solicite uma triagem privada. Feinstein garante que “qualquer passageiro pode solicitar uma triagem privada, podendo estar acompanhado de um amigo ou membro da família”. Essa privacidade extra pode aliviar o medo de ser exposto por usar roupas intimas absorventes.

 

Relate qualquer problema. Se você tiver uma experiência negativa com qualquer ponto de verificação em qualquer aeroporto do mundo, recomendamos que você denuncie sempre! “Se você não se sentir à vontade em relatar sua reclamação no aeroporto, você pode fazê-la por comunicação online – pelo site do aeroporto ou por e-mail - ou por telefone. A denúncia será transmitida à equipe de liderança do aeroporto. Toda e qualquer reclamação é abordada com muita cautela.”

Ao planejar seus voos, considere o processo de triagem como você faria com qualquer outra questão da viagem a ser analisada com carinho. É uma parte do processo pelo qual todos passamos. E se você se sente mais seguro solicitando ajuda nos aeroportos, os agentes estarão lá para te dar total apoio nesse momento.

Como tem sido sua experiência pelos aeroportos?

Mais artigos sobre A Vida com Incontinência.
Previous
Next
More Articles
Previous
Atrofia vaginal - Parte inevitável do envelhecimento ou condição tratável?
Next
Controle da ingestão de líquidos na incontinência urinária!