Voltar

Conexão nutricional - O que a comida tem a ver com isso?

Comer alimentos mais saudáveis - e evitar alguns alimentos completamente - pode melhorar o controle da bexiga. Mesmo as modificações dietéticas mais simples podem ter um grande impacto na incontinência.

 

incontinência urinária, dieta e obesidade estão intimamente ligados. O excesso de peso pode adicionar pressão indesejada à área abdominal, mas apenas uma perda de peso de 5 a 10 por cento pode ajudar a aliviar a pressão abdominal e ajudar no controle da incontinência. 
 

Além do controle de peso, os tipos de alimentos que você come, também podem afetar a bexiga. Os médicos geralmente aconselham os indivíduos com incontinência a evitar certos alimentos e bebidas, mas nem todas as pessoas reagem da mesma maneira a todos os alimentos. 

 

Como todos são diferentes, convém realizar uma análise de tentativa e erro para determinar quais alimentos você deve evitar ou moderar. Comece eliminando os alimentos que você suspeita ter maior dificuldade. Em seguida, gradualmente os reintroduza um por um, permitindo de uma a duas semanas entre as reintroduções, para identificar os possíveis causadores. Em pouco tempo você poderá criar uma dieta adequada para a bexiga, sob medida para você! 


 

Ao iniciar sua investigação, comece isolando a seguinte lista de itens nutricionais.

Esses alimentos e bebidas podem causar incontinência com mais frequência:

 

Cafeína:

O consumo de cafeína pode ser um importante irritante para bexiga. Como é diurético, pode causar a contração da bexiga, contribuindo tanto para a incontinência de esforço, quanto para a incontinência de urgência.  

A cafeína está naturalmente em grãos de café, folhas de chá e grãos de cacau, mas também é encontrado em refrigerantes e alimentos, e doces que contêm chocolate ao leite ou cacau. Além disso, alguns medicamentos vendidos sem prescrição médica, como analgésicos, medicamentos para tosse e suplementos nutricionais, também podem conter cafeína. É por isso que é importante verificar todos os rótulos dos produtos ao reduzir ou eliminar a cafeína da sua dieta. 

 

Álcool:

Cerveja, vinho e licor também são todos diuréticos. Eles preenchem rapidamente a bexiga e causam vontade de urinar. O álcool também prejudica os sinais entre a bexiga e o cérebro, interferindo no controle da bexiga e aumentando a probabilidade de acidentes. 

Frutas cítricas e sucos:

Para outra fonte de irritação da bexiga, não procure mais do que sua mesa de café da manhã. Frutas e sucos têm um pH ácido e podem agravar a incontinência, isso inclui toranjas, laranjas, limões e limas. 

Alimentos picantes:

De pimenta caiena para curry, alimentos quentes e picantes podem aumentar o desejo de ir ao banheiro. Pesquisas indicam que evitar alimentos condimentados pode ter um efeito benéfico na incontinência urinária. 

 

Bebidas carbonatadas e adoçantes artificiais:

Mesmo a água gaseificada sem cafeína pode irritar a bexiga, enquanto os adoçantes artificiais contribuem para a incontinência de urgência. 

 

Ajuste e Evite

Você pode fazer muitas dessas mudanças dietéticas simples gradualmente, permitindo acompanhar seu progresso. É sempre uma boa ideia, também, discutir sua dieta com seu médico. Um profissional de saúde pode ajudar a criar um plano de dieta personalizado, projetado apenas para você e suas necessidades. Com um plano saudável na mão, você está no controle! 

Mais artigos sobre A Vida com Incontinência.
Previous
Next
More Articles
Previous
Top 5 alimentos que podem provocar escapes de urina
Next
Benefícios da Caminhada