Escapes de xixi na gravidez é normal! Entenda as suas razões e como lidar com essa condição.

13/10/2020 -

A  gravidez é um dos momentos na vida de uma mulher onde o corpo e mente passam por inúmeras transformações.

A cada semana de gestação descobrimos novas sensações, sentimentos e condições que, até então, nunca havíamos passado.

Dentre elas, podemos citar o aumento do apetite, o inchaço em determinadas regiões do corpo, o escurecimento da pele em algumas áreas, o aparecimento de acne, estrias etc.

As idas ao banheiro diversas vezes ao dia também passam a fazer parte da gestação, porém, em um dado momento, muitas gestantes se deparam com uma situação bastante inesperada: os escapes de xixi!

Algumas relatam que o simples fato de agachar, tossir ou dar risada, faz com que algumas gotas ou até pequenos jatos de urina escapem e que, junto com eles, um desconforto muito grande se faz presente.

O odor da urina, a roupa molhada, e o medo de que isso possa acontecer a qualquer momento, fazem com que muitas mulheres sintam-se frágeis, o que acaba afetando o lado emocional, a qualidade de vida e, até mesmo, a auto estima.

Saiba que este acontecimento, embora possa causar bastante constrangimento, é absolutamente normal!

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, 40% das grávidas apresentam incontinência urinária. Geralmente, ela acontece no final da gestação, quando há uma compressão maior do útero sobre a bexiga. 

A incontinência urinária durante o período gestacional é dividida em 3 formas:

  • Esforço: quando os escapes de xixi acontecem através do esforço abdominal (tossir, rir, espirrar, pegar peso etc.);
  • Urgência: a perda de xixi acontece quando há uma vontade súbita de urinar, não dando tempo de chegar até o banheiro;
  • Mista: quando o escape acontece simultaneamente, devido ao esforço e a urgência.

Com base nestas informações, temos a certeza de que muitas gravidinhas de plantão estão mais aliviadas por descobrirem que não estão sozinhas!

A questão agora é: como deixar os escapes de xixi menos desconfortantes?

Separamos algumas dicas que poderão ajudá-la durante este período:

  1. Fisioterapia pélvica e pilates: muitos obstetras indicam a prática de exercícios que auxiliem a gestante no trabalho da musculatura pélvica. Com o fortalecimento deste músculo, existe um controle maior dos escapes de xixi. É importante que o seu médico indique qual atividade é mais viável para você.
  2. Cuide bem da saúde: se você tem problemas respiratórios, é fumante ou fica resfriada com frequência, podemos deduzir que o ato de tossir e espirrar faz parte do seu dia a dia. Cuide da sua saúde e busque tratamentos que possam auxiliá-la na redução desses sintomas.
  3. Use o produto correto: você sabia que os absorventes comuns (utilizados durante os períodos menstruais) não possuem a mesma absorção no caso de escapes de urina? Existem absorventes específicos que fazem com que as pessoas que passam pela incontinência urinária sintam-se mais confiantes e despreocupadas.
  4. Controle de peso: como os escapes de xixi na gravidez são causados, em sua grande maioria, devido à pressão do útero na bexiga, o acompanhamento do peso é muito importante. Pois, além de impactar na sua saúde e na do seu bebê, o sobrepeso pode aumentar as ocorrências de incontinência urinária.

 

 

Voce pode gostar tambem

grávida deitada na cama

Escapes de xixi na gravidez é normal! Entenda as suas razões e como lidar com essa condição.

A  gravidez é um dos momentos na vida de uma mulher onde o corpo e mente passam por inúmeras transformações. A cada semana de gestação descobrimos novas ...

Saiba Mais