Voltar

8 Dicas para Cuidar de Quem Tem Incontinência Urinária

 

Como dizem nos esportes, a melhor defesa é um bom ataque. O mesmo acontece na frente doméstica, onde o cuidado de um ente querido ou de um familiar que possui incontinência urinária requer, muitas vezes, pensar no futuro e ter um bom "plano de ação".

Estabelecer um plano de manejo, ou rotina para o cuidado, é uma boa maneira de manter seu tempo organizado e sua experiência recompensadora. Ao ter um plano de ação, você está em uma posição melhor para cuidar do seu ente querido e ainda ter os recursos e energia para cuidar de si mesmo.

Aqui estão oito estratégias que podem ajudá-lo a manter-se atualizado quando você cuida de uma pessoa com incontinência urinária:

 

  1. Esteja preparado. Quando você sair com seu ente querido, certifique que ele ou ela tenha ido ao banheiro antes de sair de casa. Esteja preparado levando consigo produtos absorventes e lenços umedecidos para onde quer que vá. Mantenha-os discretamente em uma sacola e tenha sempre um suprimento extra no porta-malas do seu carro.

     

  2. Saiba antes de sair. Verifique a localização dos banheiros públicos para garantir que eles sejam facilmente acessíveis. Isso pode significar fazer algumas ligações antes de você chegar ou fazer um tour rápido com antecedência. Você vai querer certificar-se de que as instalações fora de casa acomodarão o seu ente querido de uma forma confortável e limpa. Leve qualquer preocupação para o local de atendimento para onde está indo e é muito provável de serem resolvidas.

     

  3. Faça uma rotina. Estabelecer rotinas diárias e noturnas com seu familiar também é uma boa ideia. Isso permite que ele ou ela preveja quando precisará ir ao banheiro. Fora das rotinas, os produtos absorventes Plenitud podem oferecer a tranquilidade que seu ente querido precisa para evitar acidentes ou vazamentos.

     

  4. Lidar com medicamentos. Se a pessoa estiver tomando medicamentos que afetam sua incontinência urinária, certifique-se de entender como administrá-los, como armazená-los e como lidar com os efeitos colaterais, caso ocorram.

     

  5. Tire um tempo para si mesmo. Fora dos cuidados diários, certifique-se de ter tempo livre regularmente, mesmo que sejam algumas horas, uma ou duas tardes por semana. Providencie ajuda nesses momentos e saia de casa. Vá a algum lugar diferente - para uma caminhada ou para o cinema - para se dar uma completa mudança de cenário. Seja criativo e persistente no recrutamento de membros da família confiáveis para ajudá-lo de qualquer maneira que puder.

     

  6. Fique saudável. Gerir a sua saúde, assim como a do seu familiar, é extremamente importante. Certifique-se de seguir uma dieta equilibrada, descansar adequadamente e exercitar o mais regularmente possível.

     

  7. Obtenha equipamento de suporte. Encontrar grupos de apoio pode ser muito útil para os cuidadores. É reconfortante conversar com outras pessoas que entendem o que você está passando. Eles podem oferecer ideias úteis para animá-lo, ou simplesmente oferecer um conjunto de ouvidos simpáticos para ouvi-lo.

     

  8. Receber treinamento. Saber quando pedir ajuda é fundamental. Certifique-se de obter as respostas que você precisa. Se você não sabe ou não entende alguma coisa, não tenha medo de perguntar ao seu profissional de saúde.


Essas oito estratégias são apenas um começo para ajudá-lo a estabelecer seu plano de ação para cuidar de seu ente querido. Personalize o plano de ação adicionando algumas ideias. O segredo é ter tempo para pensar as coisas com antecedência. Ao fazer um plano, pouco a pouco, mas com certeza, você ganhará a vantagem da equipe da casa quando se trata de cuidar!

Mais artigos sobre A Vida com Incontinência.
Previous
Next
More Articles
Previous
Dicas para cuidadores de idosos não esquecerem de cuidar também de si mesmos.
Next
Pais Idosos: Primeiros Passos de Como Cuidar