Voltar

Causas de incontinência urinária

Causas de incontinencia urinaria

Para a maioria dos pacientes, a incontinência não é somente um problema médico, mas uma situação que afeta também seu bem-estar emocional, psicológico e social. É muito importante saber que a grande maioria das causas de incontinência urinária pode ser tratada com sucesso.


Alguns fatores que podem ocasionar a incontinência urinária em qualquer fase da vida tanto em homens como mulheres são:


-Infecções urinárias.

-Efeitos colaterais de medicamentos.

-Constipação intestinal.

-Fraqueza de alguns músculos do assoalho pélvico.

-Doenças que afetam os nervos ou músculos como Parkinson.


Causas de incontinência urinária nas mulheres


Milhões de mulheres no Brasil sofrem de perda involuntária de urina, o que pode interferir nas suas atividades e na sua qualidade de vida.


E diferentes doenças ou fatores podem causar os sintomas de incontinência urinária. Alguns deles são transitórios e facilmente tratáveis, como infecções urinárias e vaginais, efeitos colaterais de medicamentos e constipação intestinal, mas outras causas podem ser duradouras ou permanentes.


Entre elas destacam-se doenças como a bexiga hiperativa, fraqueza dos músculos que sustentam a bexiga, fraqueza do músculo esfincteriano que envolve a uretra, defeitos de nascimento, doenças e lesões da medula, cirurgias sobre a bexiga, órgãos genitais femininos e outros órgãos pélvicos, doenças que afetam os nervos ou músculos.


A gravidez, o parto e a menopausa, assim como alguns tipos de cirurgia ginecológica também são possíveis causas para a incontinência urinária feminina.



Causas de incontinência urinária masculina


Embora os escapes de urina em homens aumentem com a idade, o vazamento em si não é uma parte inevitável do envelhecimento e tem tratamento.

As causas da incontinência urinária nos homens são variadas e muitas vezes surgem de problemas nervosos, musculares ou de próstata.


  • Os nervos como uma causa

Para o sistema urinário fazer o seu trabalho, os músculos e nervos devem trabalhar juntos para manter a urina na bexiga e, em seguida, liberá-la no momento certo.

Os nervos transmitem sinais do cérebro para a bexiga e o esfíncter. Qualquer doença, condição ou lesão que danifica os nervos pode causar problemas ao urinar.


Entre os fatores que contribuem para a incontinência estão as doenças crônicas, como diabetes, esclerose múltipla (EM) e a doença de Parkinson.


Homens que lutaram contra o diabetes por muitos anos podem desenvolver danos nos nervos que afetam o controle da bexiga. Derrame e Parkinson afetam o cérebro e o sistema nervoso e, portanto, podem causar problemas de esvaziamento da bexiga.


Além disso, qualquer lesão medular ou complicações de várias cirurgias também podem afetar potencialmente o sistema nervoso e seu controle sobre a bexiga.

  • A próstata como uma causa

A incontinência urinária também pode se dá devido a condições da próstata, geralmente como efeito colateral dos tratamentos para o câncer de próstata.


A hiperplasia benigna da próstata (HBP) é uma condição comum - na qual a próstata aumenta - e que pode causar vazamentos. Nesse caso, a próstata pode espremer a uretra e afetar o fluxo de urina, causando alterações de micção ou incontinência.


Pacientes com câncer de próstata submetidos a radioterapia podem ter problemas temporários ou permanentes com a bexiga. Pacientes que foram submetidos à remoção cirúrgica de toda a próstata também podem desenvolver incontinência urinária.


Mais artigos sobre A Vida com Incontinência.
Previous
Next
More Articles
Previous
Fisioterapia na incontinência urinária
Next
Incontinencia urinaria pos parto