Voltar

Plantas Medicinais para a saúde do Trato Urinário

O uso de plantas para tratar doenças é tão antigo quanto a história da humanidade. O uso de plantas na medicina tem se tornado popular por toda a Europa e Ásia. Nos Estados Unidos, existe um interesse crescente em suplementos naturais que podem ajudar a bexiga hiperativa e incontinência urinária.

Se você decidir tomar suplementação, siga as instruções no rótulo e consulte um médico antes de consumir qualquer medicação sendo ela natural ou não.

A seguir listamos seis das mais conhecidas plantas medicinais para melhorar a bexiga hiperativa que poderão te ajudar:

 

Bromélia excelente anti-inflamatório

Bromélia é uma enzina encontrada na planta de abacaxi - ananas comosus. É conhecido por suas habilidades anti-inflamatórias e como a incontinência urinária na maioria dos casos é devido à inflamação na bexiga, acredita-se que a bromélia tem um impacto positivo sobre a inflamação deste órgão.

 

Buchu utilizado na prevenção

O Buchu, também conhecido por bucco, diosma, originário da América do Sul descrita por fitoterapêutas para tratar infecções recorrentes no trato urinário e dar suporte à saúde da bexiga de forma geral. Buchu é um calmante diurético que também possui propriedades antissépticas. Conhecido por sua ação antibacteriana, o Buchu também ajuda a prevenir inflamações na bexiga.

 

Amor de Hortelã ou Amor de homem reduz inflamações

Cleavers (Galium Aparine) popularmente conhecida como amor-de-hortelã e amor-de-homem uma vez que suas propriedades adesivas fazem com que ela se agarre às pessoas que encostam. O amor-de-hortelã além de reduzir inflamações, melhora a função linfático e limpa os rins. Possui propriedades diuréticas podendo diminuir inflamações na bexiga e protege-la contra irritações.

 

O cabelo de milho é um poderoso diurético e tem propriedades antioxidantes

O cabelo de milho (Zea Mays) é um nome comum para as fibras que se desenvolvem como parte das espigas de milho; o tufo ou borla de fibras sedosas que se projetam da ponta da espiga de milho. Rico em flavonoides o cabelo de milho pode ser uma solução efetiva para mulheres com infecções urinárias frequentes. O cabelo de milho reduz inflamação e pode reduzir significantemente os sintomas da incontinência urinária de urgência. O cabelo de milho também pode ter um efeito sedativo no trato urinário.

 

A cavalinha possui efeito anti-inflamatório, antioxidante e diurético

Cavalinha (Equisetum arvense) é um diurético natural com propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e antimicrobianas. Utilizado por fitoterapêutas para tratar uma variedade de infecções no trato urinário, reconhecida pela sua propriedade de cura de tecidos.

 

Sementes de Abóbora panaceia para curar todos os males de quem sofre com Incontinecia

A semente de abóbora (Cucurbita pepo) tem sido o assunto principal de um significante estudo clínico para tratamento da incontinência urinária e atualmente é considerado o tratamento indicado pelos profissionais da saúde para casos de bexiga hiperativa. Estudos apontam que ácidos graxos provenientes de sementes e combinados com componentes do fitoesterol ajudam a mantar o balance hormonal e garantindo a saúde da bexiga.

Suplemente com sabedoria!

Para aprender mais sobre plantas medicinais, consulte um médico especializado em Medicina Integrativa ou um médico que trabalhe em conjunto com um fitoterapêuta e visite o site do National Institutes of Health — Centro Nacional dos Estados Unidos para estudo e compartilhamento de informações relativas à medicina alternativa e saúde integrativa.

Leia a bula dos medicamentos com cuidado e consulte sempre um médico antes de ingerir quaisquer suplementos.

Também tenha em mente que cada mulher é única, portanto, nem todos respondem aos remédios às plantas medicinais da mesma forma. Além disso, a eficácia e a potência podem variar muito entre as marcas. Na maioria dos casos, você pode ter que tomar um suplemento por várias semanas antes de começar a notar um efeito.

Mais artigos sobre A Vida com Incontinência.
Previous
Next
More Articles
Previous
Sabia que existem diferentes tipos de incontinência?
Next
6 maneiras de reduzir os vazamentos noturnos