Voltar

Controlar a incontinência ao viajar

Sabemos que muitas pessoas lidam bem com os aspectos práticos da incontinência para poder fazer trabalhos fisicamente exigentes, praticar esportes radicais e levar um estilo de vida muito ativo. É inspirador, já que os desafios emocionais que surgem com a incontinência urinária podem, a princípio, parecer esmagadores. 

Por medo você pode preferir não sair de casa: medo de acidentes, de que outros descubram sua condição ou até medo do que "poderia acontecer" se você se atrevesse a ir muito longe de casa. É fácil tornar-se numa pessoa reclusa, já que você pode se sentir muito mais confortável com seus produtos à mão e com sua rotina firmemente enraizada. 

E se você decidir contornar a sua incontinência e quiser viajar, não apenas pelo trabalho, mas também em uma viagem de um dia ou até mesmo um cruzeiro? 

Aqui há algumas sugestões para passear, seja um dia em um parque de diversões ou uma viagem ao redor do mundo.

 

1. Planeje levar mais produtos do que você acha que precisará. Hoje em dia, não é incomum levar uma mala ou mochila extra, por isso não se preocupe com o que as pessoas "acham" que você vai levar. Se você viajar de carro, coloque alguns extras em uma caixa no porta-malas.

Leve pelo menos 30% a mais do que você pretende usar, incluindo seus produtos habituais para incontinência urinária, roupas extras, lenços descartáveis e sacos plásticos lacrados. Adicione também alguns sacos de lixo, caso suas roupas fiquem molhadas ou encontrar um lugar para descartá-las seja complicado. Você também pode levar um pequeno recipiente de bicarbonato de sódio para ajudar a eliminar os odores.

 Se sua viagem for excepcionalmente longa, talvez algumas semanas ou um mês, você poderá receber produtos adicionais para incontinência no seu destino pela internet ou buscar uma farmácia/supermercado próximo a onde estiver.

 

2. Vá ao banheiro com antecedência. Saber o que esperar e onde o banheiro está ao longo de sua rota de viagem pode lhe dar uma sensação de segurança. Não perca a oportunidade de ir ao banheiro em cada parada.

 

3. Faça um acordo com seus companheiros de viagem. Se você estiver viajando com outras pessoas, não há problema em dizer que você tem uma "bexiga pequena" e concorda em parar para descansar com frequência. Você pode descobrir que seus colegas também gostam de não ter que "aguentar"; (Não, você não precisa revelar os detalhes da sua condição da bexiga, a menos que sinta à vontade para fazê-lo.)

 

4. Não se afaste muito da sua rotina. Ao viajar, pode ser fácil perder o controle de suas necessidades, como comer e beber, de modo que seja mais difícil controlar a bexiga, fazer exercícios para o assoalho pélvico ou praticar outros métodos de autocuidado. Durma o suficiente. Fique calmo se encontrar algum problema durante a viagem. E mantenha seu horário normal o máximo possível.

 

5. Sempre traga água com você. Então você pode evitar bebidas com cafeína e refrigerantes que irritam a bexiga. (Se você estiver indo para o TSA, Transportation Security Administration, no aeroporto, você provavelmente terá que comprar a sua garrafinha depois de ter passado pela verificação de segurança).

 

6. Não tenha medo de "tentativa / erro". Muitas pessoas com incontinência urinária não deixam que sua condição as impeça de fazer o que elas querem. Pode ser que tentem maneiras diferentes de lidar com os aspectos práticos, mas vale a pena o esforço. Comece com uma viagem de um dia, então talvez um fim de semana e, finalmente, você se sentirá confortável viajando para lugares distantes.

 

7. Divirta-se! Quando você sai de férias, a ideia é relaxar e ficar longe de tudo. Se bem é possível que você não possa "fugir" da sua incontinência, você não precisa deixar que isso o detenha.

 

E você? Tem algum conselho para os viajantes com incontinência urinária?

 

 

Mais artigos sobre A Vida com Incontinência.
Previous
Next
More Articles
Previous
5 formas de reduzir o risco de contrair câncer de próstata
Next
O estresse pode causar incontinência urinária?