Voltar

Como praticar exercícios com incontinência urinária?

Por Madeleine Beckman.

 

"Eu tive que parar de usar saias de tênis na quadra", lembra Donna Wilson, uma advogada da Califórnia. "Comecei a usar calças de treino porque sabia que estaria molhada no final do jogo, não queria admitir o que estava acontecendo." 

Se, como Donna, você tem incontinência urinária durante a prática de atividades físicas, existem alternativas para isso. Donna não desistiu de seu estilo de vida esportivo e você também não deveria. 

O médico de Donna sugeriu que ela mantivesse um diário da sua ingestão de líquidos e outro diário para quando tivesse de "ir ao banheiro". Depois de algumas semanas, descobriu que, se não bebesse nada dentro de duas horas antes das partidas matinais, permaneceria sem perdas involuntárias. E ela também aprendeu a beber durante as partidas. "Comecei a beber pequenas quantidades de água durante as partidas de tênis", diz ela, "mas não garrafas inteiras como eu vinha fazendo". 

Controlar o quanto havia ingerido de álcool não resolveu completamente o problema da incontinência urinária durante as partidas de tênis, então o médico de Donna sugeriu que ela pensasse em alternar sua rotina de exercícios com uma atividade menos impactante. Donna estava disposta a tentar. "Comecei a andar de bicicleta", lembra ela, "mantive meu diário e acabei descobrindo que não pisar no chão com força como eu fazia na quadra ajudava bastante". 

Os especialistas enfatizam que é importante permanecer ativo, mesmo que você altere os tipos de atividades físicas. Quanto mais exercícios você praticar, mais você fortalece o assoalho pélvico evitando assim os vazamentos. 

Como Donna descobriu, alguns exercícios como aqueles em que seus calcanhares atingem uma superfície dura, podem aumentar a probabilidade de problemas de controle da bexiga. "Saltos repetitivos podem aumentar a pressão abdominal e transmitir o impacto para a bexiga", diz a fisioterapeuta Elizabeth Noble, de Massachusetts. Kristene E. Whitmore, MD, diretora médica do Instituto de Saúde Pélvica e Sexual do Graduate Hospital, na Filadélfia, recomenda exercícios como ioga e em uma máquina elíptica, pois eles exigem menos esforço da bexiga.

 

O que mais não deveria fazer? 

  • Não faça exercícios que envolvam levantar pesos pesados. O levantamento de peso, particularmente sob a cabeça, coloca pressão na bexiga, o que pode resultar em vazamento. Instrutores sugerem usar pesos leves ou até mesmo fazer os mesmos exercícios sem pesos. 
  • Evite fazer agachamentos em pé - ou um agachamento que começa de pé - o que coloca muita pressão no seu assoalho pélvico. 
  • Não ingira refeições pesadas antes de praticar exercícios. A pressão abdominal extra cai sobre sua bexiga e pode causar vazamentos.

 

O que mais pode fazer? 

  • Use um forro, almofada ou uma calcinha especificamente projetada para contratempos de controle da bexiga.
  • Converse com seu médico sobre um dispositivo que você pode inserir em sua vagina; é chamado de pessário. Sua função é suportar a bexiga e a uretra (o tubo através do qual a urina sai do corpo) para evitar vazamentos. "Você pode inserir e remover um pessário antes e depois do exercício", diz o Dr. Whitmore.
  • Converse com seu médico sobre medicamentos, alguns dos quais estão disponíveis sem receita médica. "Estes medicamentos ajudam a apertar o colo da bexiga e reduzir a chance de perda de urina", diz o Dr. Whitmore

 

O importante é saber que você pode praticar exercícios com segurança, seguindo algumas dessas dicas úteis!

 

 

 

 

 

Mais artigos sobre A Vida com Incontinência.
Previous
Next
More Articles
Previous
Benefícios da Caminhada
Next
Exercitando os Músculos do Core