Voltar

5 formas de evitar que Incontinência prejudique sua performance nos treinos

“Estamos destinados a crescer fortes e envelhecer graciosamente”, diz o autor e especialista em movimento funcional Gray Cook. E sem atividade aeróbica regular e atividades de desenvolvimento muscular, nossos corpos não funcionam tão bem quanto deveriam, mesmo durante simples atividades rotineiras. Então, o que você faz se você quer estar em forma, mas perdas involuntárias de urina mantém você em casa, temendo uma situação embaraçosa? Aqui estão algumas sugestões garantem que a incontinência urinária não o impeça de se exercitar regularmente:

 

Esteja atento à intensidade. A crescente popularidade das academias que oferecem boxe, com exercícios pesados e levantamento de peso, aponta para um aumento no interesse dos americanos pelo treino funcional. Infelizmente, os exercícios podem ultrapassar os limites de intensidade para quem sofre de incontinência urinária. Considere iniciar os treinos com exercícios mais leves, como caminhadas de velocidade ou exercícios de treinamento de intervalo de alta intensidade e baixo impacto (HIIT). Para continuar seu treino com pesos, considere pesos mais leves, com menores chances de causar pressão no assoalho pélvico. (O médico deverá ser consultado para garantir que os exercícios não provoquem sequelas graves). 

Atenção ao assoalho pélvico. Pode ser útil escolher exercícios que não exerçam pressão sobre o assoalho pélvico. Sentar-se ou deitar-se enquanto levanta pesos ou pratica exercícios básicos pode ajudar a reduzir a quantidade da pressão exercida sobre os músculos pélvicos. Além disso, alguns fisioterapeutas do assoalho pélvico também recomendam um "aperto de Kegel" quando você está fazendo algum exercício que cause qualquer sensação de pressão nos músculos centrais. 

Isto pode ser ainda mais importante se o seu médico afirmar que você sofre de incontinência urinária de esforço (IUE). A IUE é causada por pressão na bexiga, geralmente como resultado de uma atividade ou movimento, como pegando um objeto pesado, espirando, tossindo ou rindo. 

Tome esta pílula horas antes do treino. Alguns urologistas recomendam o glicerofosfato de cálcio, uma combinação mineral de cálcio e fósforo, para ajudar homens e mulheres a reduzirem o impacto de alimentos e bebidas ácidas em seu organismo. Comercializado sob o nome de Prelief®, o mesmo é considerado um suplemento alimentar seguro e eficaz que neutraliza a acidez dos alimentos e bebidas sem interferir na acidez do corpo. O ideal é equilibrar o consumo de alimentos ácidos e alcalinos, porem se formos considerar os hábitos alimentares norte-americanos esta redução desses alimentos é quase uma utopia. O consumo de alimentos e bebidas ácidas, como por exemplo, tomates, cebolas, frutas cítricas, vinho, refrigerantes e café está enraizada na dieta do americano. Logo o suplemento alimentar Prelief® tem sido de grande valia para os que sofrem de inflamação da bexiga e decorrentes vazamentos. 

Ajuste a ingestão de líquidos. Note que não estamos falando em "reduzir" a ingestão de líquidos. Diminuir a quantidade de água que você bebe para tentar evitar pardas de urina geralmente sai pela culatra. A água dilui a urina, tornando-a menos propensa a causar irritação da bexiga. Beba a quantidade de líquidos recomendada por dia, segundo a Clinica Mayo, 64 oz o equivalente a 1.8 litros de água por dia, aproximados 8 copos por dia. Antes da prática de exercícios, a orientação é não consumir água por pelo menos duas horas. Isso garante que você esvaziasse completamente a bexiga evitando acidentes. 

Use proteção adequada para vazamentos e atritos. O tipo de proteção que você usa pode afetar a performance do seu treino. Experimente as roupas íntimas e justas com um ajuste flexível da linha Plenitud para homens e mulheres. Você pode testar os diferentes tipos de roupas íntimas e absorventes em casa antes de se aventurar na academia ou pistas de corrida. 

Muitos corredores usam shorts de compressão sobre sua proteção e sob as calças para manter suas cuecas no lugar. E para reduzir o atrito, alguns recomendam o uso de fita esportiva ou cremes antiderrapantes como Body Glide ou Gold Bond Friction Defense.

Para maiores informações a respeito deste assunto,

Independente de qualquer coisa, não desista. As perdas de urina podem ser um incômodo, mas por entre tentativas-e-erros, a maioria das pessoas encontra formas de permanecerem secas e manterem sua pele saudável, enquanto ainda mantém seu regime regular de exercícios.

Mais artigos sobre A Vida com Incontinência.
Previous
Next
More Articles
Previous
7 Segredos Simples sobre Exercícios de Kegel
Next
Reeducar a Bexiga